Portugal (Parte 1)

Faz quase duas semanas que voltei de Portugal. Fiquei oito dias lá e foi uma viagem que eu jamais vou esquecer!
Vimos muita coisa, então vou separar tudo em dois posts. Esse é sobre os pontos turísticos e o próximo vai ser sobre alguns lugares aleatórios interessantes que fui e algumas fotos de Lisboa e Cascais.
Queria ter feito esse post antes, mas não tive tempo o suficiente pra sentar e planejar tudo o que precisava escrever. Mas “cá estamos”. Agora chega de blablabla.
IMG_0006.JPG
Não deu tempo de ir em todos os lugares, vou postar somente aqueles que visitei, mas se você procurar na internet vai achar mais um monte de coisas legais pra fazer e ver por lá.
Eu fiquei hospedada na casa dos pais do meu tio, numa cidade chamada Cascais, que fica bem pertinho de Lisboa e é simplesmente LINDA! No próximo post vou colocar algumas fotos de lá.
Como a minha memória anda péssima, não lembro a ordem exata das coisas que fizemos, então vou colocar uma ordem aleatória aqui, mas vou deixar o meu lugar preferido por último.
Monumento dos Descobrimentos

IMG_0013.JPG
Sua construção definitiva data de 1960, quando foi celebrado o quinto centenário de morte do Infante D. Henrique. À ele se devem as iniciativas que levaram ao descobrimento da Ilha da Madeira em 1418 e de Cabo Verde em 1444.
O momento é de uma altura tal que se pode ver quase Lisboa inteira lá de cima. A vista é incrivelmente maravilhosa!

IMG_0008.JPG

IMG_0009.JPG

IMG_0010.JPG

IMG_0011.JPG
Tem uma Rosa dos Ventos no chão na entrada do Monumento. Ela tem 50 metros de diâmetro e no meio dela tem um mapa indicando todos os lugares e datas das descobertas das expedições portuguesas.

IMG_0012.JPG
Mosteiro dos Jerónimos

IMG_0043.JPG

IMG_0038.JPG
Foi construído no século XVI à pedido do Rei D. Manuel I. Integra elementos arquitetônicos do Gótico e do Renascimento. A intenção da construção era que reunir o ramo dinástico iniciado pelo Rei.
A construção é muito rica de detalhes. Quando entrei eu fiquei literalmente de boca aberta, porque é muito curioso imaginar como esse povo construiu uma coisa tão magnífica e se eles tinham noção do quão maravilhoso isso era naquela época. Foi um dos lugares que eu mais gostei, com certeza.
Castelo de São Jorge

IMG_0020.JPG
Construído no século XI. O castelo guardava as elites que viviam aos arredores das muralhas, não tinha função de residência. De cima do Castelo é possível uma visão única e majestosa de Lisboa.

IMG_0022.JPG

IMG_0023.JPG

IMG_0025.JPG

IMG_0026.JPG

IMG_0024.JPG
Palácio da Ajuda
Construção de estilo neoclásico de 1796. Foi residência da família Real até 1910. Guarda todas as mobílias da Realeza e importantes coleções de arte decorativa dos séculos XVII e XIX. Eu acredito que nunca vi tanta riqueza num lugar só. É realmente como aqueles Palácios que aprecem em filmes. Fiquei impressionada!

IMG_0050.JPG

IMG_0049.JPG

IMG_0047.JPG

IMG_0048.JPG

IMG_0046.JPG

IMG_0045.JPG
Cabo da Roca
É o lugar mais Ocidental da Europa e simplesmente o lugar mais incrível que meus olhos de quase 22 anos de idade já vislumbraram. Sério. Eu nem sei descrever como me senti lá. É um daqueles lugares em que você tem vontade de ouvir suas músicas preferidas, sentar e ficar admirando e refletindo um pouco. Queria poder ir lá todo dia, pra poder contemplar a magnitude da perfeição de Deus na sua criação. O único problema é que venta absurdamente lá em cima, o que não torna fácil você ficar lá por muito tempo. Mas se você for pra Portugal, vale MUITO a pena visitar.

IMG_0034.JPG

IMG_0036.JPG

IMG_0035.JPG
Castelo dos Mouros
O lugar que mais gostei, sem dúvidas! Me senti no topo do mundo, me senti no momento mais feliz da minha vida, me senti agradecida e a pessoa mais abençoada. Poder ver tudo aquilo daquela altura é realmente um privilégio, é algo que jamais vou esquecer.
É uma fortificação construída por volta do século X após a conquista islâmica da Península Ibérica. Uma construção majestosa que te permite a visão de uma paisagem única que se estende até o Oceano Atlântico.

IMG_0028.JPG

IMG_0030.JPG

IMG_0032.JPG

IMG_0031.JPG
Achei essa placa numa das casas que ficam perto do Castelo, achei muito legal!

IMG_0033.JPG
Parque das Nações
É uma praça enorme que fica em Lisboa, onde fica o Oceanário de Lisboa, que é o segundo maior da Europa. É um lindo lugar pra passeio, tem uma vista maravilhosa também e tem vários restaurantes bons, além de algumas exposições bem interessantes também. Gostei muito da praça, vale muito a pena visitar.

IMG_0014.JPG

IMG_0015.JPG

IMG_0017.JPG

IMG_0016.JPG
Então isso foi o pouco que consegui visitar em Portugal, tem muito mais coisa por lá pra fazer turismo, mas nunca dá tempo de fazer tudo né.
Vou postar a segunda parte ainda essa semana, espero (sem promessas). Esse final de semana que vem estarei indo pra Liverpool. Sim, aquela dos Beatles! To morrendo de felicidade e vou com certeza postar sobre a cidade assim que puder.
Meus dias de felicidade e sonho na Europa estão acabando e as lágrimas já estão aparecendo por aqui, mas tenho certeza de que vou voltar e de que tem muita coisa boa pra acontecer na minha vida no Brasil também. Mas por favor, não me peçam pra não ficar triste por ir embora, porque afinal, isso é meu sonho há muito muito tempo e eu passei os dias mais felizes da minha vida aqui!
Termino com uma imagem da Rua Augusta em Lisboa e um super obrigada à minha tia linda que me tornou possível ver tanta coisa linda!

IMG_0052.JPG

IMG_0053.JPG

Anúncios

10 coisas sobre Londres que vou sentir falta

IMG_0065-0.JPG
Então, como alguns sabem, estou em Londres desde o começo de maio. Essa foi uma viagem muito planejada e MUITO esperada! Desde que cheguei me senti muito bem e realmente me sinto realizada. Foi a melhor coisa que já me aconteceu até hoje, com certeza! E é por isso que, apesar de meus amigos e minha família ficarem chateados quando digo, por mim eu ficava aqui. Quem não ficaria??? Lógico que não é tão simples como parece, estrangeiros não podem simplesmente decidir ficar no país, mesmo por quê eles nem te permitem ter um trabalho formal dependendo do visto que te dão.
Enfim, estudei inglês e conheci o lugar mais incrível que existe! Cheguei aqui já apaixonada por Londres e com certeza vou sobrevoar a cidade com lágrimas nos olhos no dia 15 de setembro.
Pra começar a despedida, aqui vai a lista das coisas que vou sentir falta:
1. Greenwich Park
Acho que Greenwich, em geral, vai me fazer muita falta. Ainda mais pelas pessoas que moram lá… É onde estou morando com minha tia. O parque fica do lado de casa e é o mais lindo do mundo! Vou sentir muita falta de andar pelo parque, de comprar livros na Book Time e na Waterstones, de tomar chocolate quente com marshmallows no Costa no fim da tarde e de caminhar à beira do Thames. Já sinto saudades, Trafalgar Road…

IMG_0066.JPG
2. Waterloo
É um lugar incrível! Não só porque ali estão a London Eye e o Parlamento, mas porque tem muita coisa legal! Ali no pier da London Eye têm artistas de todo tipo o tempo todo fazendo seus shows. Os músicos que tocam ali são incríveis! Tem mágicos, ilusionistas, dançarinos, enfim. E nos finais de semana tem uma feira de livros enorme ao ar livre! Dá pra passar uma tarde toda ali.
3. The best book shops
A Foyles e a Waterstones são a paixão da minha vida! A Foyles tem 4 andares, então acho que isso já é motivo pra amá-la! E a Waterstones é incrível porque tem uma em todo canto da cidade! Na verdade eu achei uma até em Oxford, então deve ter em mais lugares! E eles sempre têm vários livros com a etiqueta ‘Leve um e compre outro pela metade do preço’, ou seja, é uma tentação. A única coisa que eu não gosto muito nos livros daqui é que a maioria tem capa em paperback, então você tem que ser muito cuidadoso pra não machucar a capa do livro. Eu que carrego livro pra todo canto precisei comprar uma book jacket pra proteger meus livros, porque já danifiquei a capa de alguns por isso. Mas alguns livros possuem a versão em hardback, e claro que são um pouco mais caros, mas acho que vale a pena porque assim o livro dura bem mais.

IMG_0067.JPG

IMG_0068.JPG
4. Londoners
Os Londrinos são, em sua maioria, as pessoas mais educadas que eu já vi. Eles agradecem até o motorista de ônibus quando entram e saem dele. Eles sempre esperam as pessoas saírem do metrô/trem pra então entrar. Nos cafés e lojas, os atendentes são sempre simpáticos e tratam os clientes muito bem! Os Londrinos são muito alegres e elegantes.
Outra coisa que eu vou sentir falta nesse povo é o respeito. Com as mulheres, os idosos, as mães. A maioria dos homens deixa você entrar por primeiro nos ônibus, sempre vejo os homens fazendo gentilezas desse tipo pra mulheres. Outra curiosidade e uma coisa que eu vou sentir falta é a segurança. Aqui você anda com seu Iphone ou Tablet ou whatever, na mão, às vistas de todo mundo, e ninguém tá nem aí. É raro ocorrerem assaltos e roubos nos ônibus também. Isso vai ser definitivamente ruim pra mim quando eu voltar. Quer dizer, ai de mim se eu deixar minha bolsa no assento ao meu lado no ônibus em Curitiba!
Ainda se tratando de respeito, se você notar, você não vai ver nenhum animal ou criança na rua. O governo paga pra que você cuide do seu animal se você provar que não tem mais condições, e toda mãe recebe uma ajuda mensal pra cuidar das despesas com seus filhos. Lógico que isso gera um conforto além do normal na maioria das mães, que acabam tendo mais e mais filhos, mas de qualquer maneira, impede que muita coisa ruim aconteça com essas crianças.
Mendigos eu vi sim, mas não muitos. Isso mostra um Governo que se preocupa e trabalha à favor do seu povo. Disso eu sempre senti falta…

IMG_0063.JPG
5. Passear com a bicicleta da Barclays
Em Londres existe um esquema de aluguel de bicicleta. Praticamente em todos os parques e em todos os bairros existe um posto onde você pode alugar uma e pode devolver em qualquer posto também. O aluguel pode ser diário, semanal e até anual!
Eu já andei algumas vezes e fiz a loucura de ir pro centro uma vez com ela. Loucura porque é muito movimentado tanto de carros quanto pedestres. Mas pelo menos os motoristas respeitam os ciclistas e em praticamente todas as ruas existe a ciclovia. É uma coisa que eu realmente recomendo pra quem vai visitar Londres. É uma sensação muito legal!

IMG_0069.JPG
6. Parques maravilhosos em todo canto
Praticamente perto de todo lugar que você vai existe um parque. Uns maiores e outros menores, mas todos muito bem cuidados. Os parques que eu visitei até agora foram o Hyde Park, Kensington Gardens, Greenwich Park , Green Park, e alguns outros menores. O Hyde Park e o Green Park ficam perto do Buckingham Palace e do Parlamento, eles são um do lado do outro e os dois enormes e bem no meio da cidade!

IMG_0074.JPG

IMG_0072.JPG

IMG_0073.JPG
7. Ouvir mais de 4 línguas diferentes dentro do ônibus
Sim, isso acontece frequentemente. Londres tem uma diversidade cultural enorme! Aqui eu conheci gente da Turquia, Romênia, Itália, Índia, Hong Kong, França, Argentina, Espanha, Estados Unidos, enfim, deve ter mais até. Tem gente de todo canto do mundo MESMO.
8. The underground
Sim, eu gosto. Não só porque algumas estações parecem um aeroporto, mas porque é nesses lugares que você consegue observar as pessoas. E eu sou muito observadora, então gosto muito de olhar o comportamento das pessoas, ouvir a língua que elas falam, o tipo de roupa que usam. Assim eu pude perceber as diferenças de várias culturas sem ter necessariamente viajado pra todos esses países. É realmente uma experiência legal, se o metrô ou trem não estiver lotado, claro.
9. As lojas
Isso é inevitável. O povo aqui é extremamente consumista e os preços, se você recebe seu salário em libras, são muito bons! Mas pra gente que tem que multiplicar o preço por 4, fica um pouquinho mais complicado…
Existem lojas aqui em que tudo custa 1£. E não são produtos ruins. Eles vendem produtos que você acha no mercado comum, porém por apenas 1£! E os mercados de rua também são incríveis, como o Brick Lane Maket e o Portobello Road Market, como citei num post anterior. Eles possuem uma infinidade de coisas interessantes e antiguidades.
10. A sensação de estar no lugar onde eu sempre quis estar
Lembro até hoje da emoção que senti quando estava sobrevoando a cidade pela primeira vez. Parecia que todas as fotos que eu tinha visto de Londres tinham ganhado vida. Parecia um sonho! É um sonho. Que eu realizei. Com a ajuda da minha família, com o apoio dos meus amigos, com o esforço do meu trabalho e com a benção de Deus.
Eu nunca vou esquecer desses 134 dias. Ainda não chegou ao fim, tenho mais 2 semanas e meia pela frente. Vou aproveitá-los pra visitar os lugares que eu mais gosto, descobrir lugares novos como eu fazia no começo quando saía sem rumo pelo centro e ir me despedindo aos poucos.
Mas essa despedida não vai durar muito tempo, porque sem dúvidas eu voltarei assim que eu puder!

IMG_0076.JPG

Oxford – The City of Dreamimg Spires

Oxfordshire. Oxford. Tudo tão lindo e tão surreal que eu nem sei por onde começar.

A cidade foi fundada no século 8 e atualmene tem 150.200 habitantes. Se eu pudesse fazer tudo o que eu quisesse na vida, você já poderia somar mais um habitante nesse número. A cidade é hospedeira da famosa Universidade de Oxford, a mais antiga da Inglaterra. A arquitetura é maravilhosa, tudo muito antigo e majestoso. É uma cidade maior do que Cambridge, a comparação foi inevitável. Tem muitos residentes que não são estudantes da Universidade, já em Cambridge é visível que a cidade é dos jovens estudantes. Tem todos os tipos de lojas que a gente encontra nos shoppings de Londres também, muitos restaurantes e coffee shops. É uma cidade como outra qualquer, não fosse pela quantidade de história e gênios que hospedou.

IMG_3405-0.JPG

IMG_3400-0.JPG

IMG_3402-0.JPG

IMG_3401-0.JPG

Chegamos bem cedo lá, então a maioria dos lugares turísticos estavam fechados. O primeiro que abriu foi o Jardim Botânico da Universidade. Estabelecido em 1621, é um Jardim Contamporâneo com 5 mil espécies de plantas e flores de várias partes do mundo. Desde Madagascar até plantas brasileiras. É um Jardim lindo!

IMG_3406.JPG

IMG_3410.JPG

IMG_3408.JPG

IMG_3407.JPG

IMG_3430.JPG

IMG_3421.JPGDepois de andar pelo Jardim Botânico fomos atrás dos colleges da Universidade. Vou contar pra vocês que eu sempre imaginei a Universidade de Oxford um pouco diferente. Os prédios são bem espalhados pela cidade, em Cambridge fica tudo tão pertinho que fica super fácil ver tudo em questão de 2 horas. Já em Oxford eles são afastados um do outro e muitos prédios são construções novas, ou têm anexos construídos recentemente. Mas de qualquer forma, tem muitos Colleges em construções magníficas como St Edmund, St John’s, Magdalene e afins

IMG_3509-0.JPG

IMG_3510-0.JPG

IMG_3433.JPG

IMG_3458-0.JPGOutra construção maravilhosa é a Radcliffe Camera. De estílo neo-clássico, foi construída em 1737-1749, para abrigar a Biblioteca de Ciência do Doutor John Radcliffe. Ao redor dela encontramos a St. Mary’s Church, a Biblioteca Bodleian, Brasenose College e All Souls College. Fiquei com muita raiva porque tirei uma foto panorâmica que mostrava tudo isso junto e ela simplesmente sumiu! Coisas que só acontecem comigo.

IMG_3459.JPG

IMG_3454.JPG

IMG_3452.JPG

IMG_3449.JPG

IMG_3447.JPGOkay. Vamos aos museus. Não pude entrar em todos, mas fotografei a fachada de todos.

Entrei em dois: Pitt Rivers Museum e Museum of Natural History. O Pitt Rivers fica anexado ao Museu de História Natural, na verdade, isso facilitou. Ambos são gratuitos e muito interessantes. Como eu já tinha visto o Museu de História Natural de Londres e ele é quatro vezes maior do que o de Oxford, pra mim foi mais legal o Pitt Rivers. É um museu muito curioso e diferenciado, porque conta a história das culturas das civilizações por forma de comparação. Os objetos são agrupados de acordo com a forma como foram feitos ou sua função, e também de acordo com sua data e cultura de origem. Ou seja, tudo voltado pra que o visitante vá percebendo a evolução das habilidades e da criatividade do Homem. O museu foi fundado em 1884, quando Augustus Henry Lane Fox Pitt-Rivers, um influente arqueólogo e antopólogo, doou sua coleção de mais de 20 mil objetos pra Universidade de Oxford.

IMG_3489.JPG

IMG_3481.JPG

IMG_3482.JPG

IMG_3479.JPG

IMG_3484.JPGOutros museus que eu não tive tempo de visitar foram o Museu de Oxford e o Ashmolean museu de arte e arqueologia, o qual me arrependi bastante de não ter ido.

IMG_3461.JPG

IMG_3492.JPG
Outro lugar super legal é o Oxford Castle! É uma prisão construída por Robert D’Oilly no século 11. O passeio é sempre feito com a ajuda de um guia que usa as vestes da época e conta toda a história da construção e de como era a vida dos prisioneiros. Lá de cima do Castelo tem uma vista maravilhosa da cidade!

IMG_3502.JPG

IMG_3499.JPG

IMG_3497.JPG

IMG_3498.JPG
Outro lugar incrivelmente lindo: Christ Church Cathedral, que também é Christ Church College. Uma parte da história de Alice no País das Maravilhas foi inspirada aqui. Também já foi cenário de filmagens de Harry Potter.

IMG_3468.JPG

IMG_3467.JPG
Outras fotos aleatórias da cidade:

IMG_3445.JPG

IMG_3414.JPG

IMG_3475.JPG

IMG_3505.JPGO post ficou maior do que eu esperava, mas tem muito mais coisa em Oxford que eu não vi e acho que poderia falar mais até. Mas só sei que foi assim. Mais um sonho realizado, andar pelas ruas onde C.S Lewis andou e visualizar cenários que inspiraram tantos escritores geniais foi realmente maravilhoso!

Esta semana estou indo pra Portugal, vou ficar 8 dias lá e provavelmente isso vai render uns dois posts pelo menos! To muito ansiosa e feliz!

Quanto ao agora, bem, um domingo chuvoso bem conveniente pra fazer uma das coisas que mais gosto na vida: ler.