Descobertas musicais de 2015

Faz um bom tempo que eu não posto nesse blog. Tenho me ocupado bem mais no meu outro blog (www.heavenknowsme.wordpress.com), seria legal você dar uma passada lá inclusive.

Mas enfim, aqui eu gosto de postar sobre assuntos variados, e faz tempo que eu não falo sobre música. Resolvi deixar uma listinha pra vocês com algumas bandas que eu descobri esse ano e aproveitar pra falar de algumas que eu descobri na minha viagem ano passado!

1. George Ezra

Essa voz. Sério, não preciso falar mais nada. Descobri esse aí na viagem!

2. Tom Odell

Eu fui num festival em Londres em julho chamado British Summer Time. Estava toda empolgada esperando pra ver Lucy Rose e Neil Young. Sim, ainda não acredito que assisti duas horas de show do Neil Young, mas ok. Uma das bandas que tocou antes foi do Tom. Eu olhei pra cara dele e não dei moral nenhuma, até ele sentar no piano e tocar essa música aí. Não parei de ouvir nunca mais! Vale a pena procurar pra ouvir mais 😉

3. James Bay ❤

Eu estou completamente viciada nas músicas desse cara há meses, não consigo sair dessa. Se você está no meu facebook já deve estar cansado de me ver postar músicas dele, mas é porque eu tenho uma necessidade muito grande de compartilhar músicas boas quando eu as encontro. Então me faz o favor e clica no play:

4. Phil Wickham

Você já deve ter escutado essa música, mas eu não posso deixar de colocar aqui porque é um cara que eu tenho escutado muito recentemente também, vale a pena escutar essas e procurar outras 😉

5. O novo álbum da Brooke Fraser “Brutal Romantic”

Moça, quanta evolução! O novo álbum da Brooke tá tipo “ame ou odeie”, e eu no caso, amei! Ela tá num momento bem pop, aliás como todo o cenário musical do mundo, parece que a gente tá numa fase de “recriar” (?) o pop. Gostei muito, mas claro que nem todo o álbum é interessante, mas gostei da maioria das músicas! Principalmente essa:

6. O que está por vir da Lucy Rose ❤

MEU DEUS, LUCY!

Se você está no meu facebook ou conhece um pouco meu gosto musical, você sabe o quanto eu AMO a Lucy Rose. E o quanto eu me emocionei vendo o show dela ano passado em Londres. Eu contei um pouco sobre ele nesse post: https://xicaracheia.wordpress.com/2014/07/28/3-months-of-happiness/ (MUITA EMOÇÃO, ainda não superei!).

Mas gente, preciso voltar pra lá só pra ver os próximos shows do próximo álbum, porque as músicas novas estão cada vez melhores. E como sempre as letras dela tem muito a ver com o que eu estou vivendo. Se eu não estou enganada, o álbum novo vai ser lançado em julho e eu vou precisar tê-lo nas minhas mãos, lógico!

Então, mais uma vez, faz o favor de pegar seu fone de ouvido e dar play nisso aqui:

7. Angus & Julia Stone

Isso aqui é paixão antiga. Mas sabe quando você fica anos sem ouvir uma banda e quando ouve o novo álbum você redescobre a paixão?! Foi tipo isso! Como sempre aquele sonzinho melancólico que vai te fazer companhia num dia de chuva e que você não deve ouvir se estiver na fossa (SÉRIO). Mas, eu tenho uma inclinação muito grande em viciar em músicas mais calminhas e até tristinhas, me faz bem!

É isso por hoje! Gosto de fazer essas listinhas uma vez ou outra pra deixar registrado o que eu tenho escutado pra ver o quanto o meu gosto musical vai mudando com o passar do tempo, e também pra deixar algumas dicas de bandas legais pra vocês! Espero que tenham gostado dessa lista, e sinta-se mais do que convidado(a) a compartilhar comigo qualquer banda legal que você tem escutado!

Anúncios

Sobre relacionamentos – ser solteiro

Vamos lá. Estar solteiro não é e nunca foi o fim do mundo. Tudo depende da forma como você age quando não está em um relacionamento. Esse post é pra falar sobre algumas coisas coisas que eu aprendi e coisas que Deus me fez perceber na minha vida. Achei que deveria compartilhar porque sei que isso é uma dificuldade na vida de muitas pessoas. Então nada mais justo do que eu tentar ajudar com o que aprendi das experiências que eu tive.
Bom, pra começar, vamos do básico: CHEGA DE RECLAMAR. Porque sério, ficar resmungando e choramingando pelos cantos não é atraente pra ninguém, te deixa infeliz e ainda por cima não resolve nada. E principalmente, NÃO RECLAME E PUBLIQUE SUA CARÊNCIA NO FACEBOOK. Por favor. Primeiro porque isso causa uma vergonha alheia terrível nos seus amigos, segundo que isso só vai fazer as pessoas acharem que você tá desesperado. E também pode atrair aquelas pessoas que gostam de se aproveitar de pessoas em desespero. Ou seja, não traz benefício nenhum pra situação. Quer reclamar fala com a mãe ou melhor amiga. Mas na minha opinião o que resolve mesmo é ir pro quarto e desabafar com Aquele que conhece o teu futuro melhor que você. De qualquer forma, pare de fazer disso um problema e o centro de todas as suas ações e pensamentos. Só isso já ajuda um monte!
Depois que você parou de reclamar, você deve começar a entender a seguinte coisa: pra achar alguém que você ame, é preciso SER alguém que você ame. Você tem que procurar se desenvolver nas suas atividades. Se foque mais no seu trabalho, procure uma faculdade pra fazer, leia sobre assuntos variados, cuide do seu corpo e da sua mente. Faça planos, faça viagens. Seja uma pessoa interessante, alguém que tem assuntos variados pra conversar. Uma pessoa ativa com certeza chama mais atenção. Aproveite pra fazer coisas que você gosta sozinho, aprenda a se divertir sozinho e a curtir sua própria companhia, assim você vai se conhecer e se descobrir mais. Vai aprender que não precisa de uma companhia pra ser feliz e completo. Vai aprender a gostar mais de quem você é. E se você não amar a pessoa que você é, dificilmente outra pessoa vai conseguir fazer isso. Lógica, apenas.
Aprenda a lidar com a carência. Não fique se iludindo com toda pessoa interessante que vem falar com você. Aprenda a discernir quando uma pessoa está realmente interessada ou quando ela só quer sua amizade. Sei que isso é difícil e que tem gente por aí que curte dar uma confundida proposital na cabeça da gente só pra acariciar seu próprio ego. Mas enfim, aprenda a equilibrar suas expectativas e a não confiar cegamente nas intenções das pessoas. Se alguém realmente tem interesse em você, não vão existir dúvidas por muito tempo. Pessoas honestas e que valem o nosso investimento costumam deixar as coisas claras, tenha calma.
E também você não entre em qualquer relacionamento só pra suprir sua carência. Perceba suas motivações pra entrar num relacionamento e principalmente seus motivos pra se relacionar com aquela pessoa especificamente. Quando a gente tá se motivando pela carência normalmente se você pensar bem a pessoa não tem quase nada a ver com você ou seu estilo de vida.
Outra coisa. Se você é cristão, procure usar esse tempo pra se aproximar de Deus, melhorar o teu relacionamento com Ele. Vai fazer um Estudo Bíblico, nem que seja você sozinho. Vai trabalhar na Igreja, fazer algum voluntariado. Use seu tempo pra fazer coisas que edifiquem, isso faz parte de se aperfeiçoar e se tornar uma pessoa mais interessante. Pois se você quer chamar atenção de outra pessoa cristã, isso com certeza vai ser uma das primeiras coisas que vão querer saber de você: seu relacionamento com Deus e a Igreja.
É importante nesse período também procurar desenvolver suas amizades. Procure estar próximo dos seus amigos e passar um tempo de qualidade com eles. As amizades nos ensinam a lidar com muitas coisas importantes num relacionamento, como aceitar os defeitos das outras pessoas, como lidar com o egoísmo e afins.
E por fim, uma das coisas mais difíceis pra mim: pare de remoer o passado. Todo mundo tem suas histórias, suas experiências e etc. Mas o que a gente deve fazer com tudo isso é tirar as lições, apreender o que foi bom e seguir em frente. Também não fique reclamando do seu passado, porque um dia você vai entender que até as coisas ruins Deus transforma em boas. Quando você estiver em um relacionamento você vai perceber que as coisas do passado ensinaram coisas pra você poder fazer a coisa certa agora. Nostalgia só é legal em letras de música e nas páginas de um livro. Na vida real ela machuca e aumenta feridas antigas.
Enfim gente. Talvez eu tenha falado coisas que parecem óbvias pra alguns de vocês, mas foram coisas que eu demorei muito tempo pra entender e aplicar. Mas quando eu consegui fazer isso eu me tornei mais feliz e me senti mais livre. E foi depois dessas coisas que Deus me ensinou e me fez perceber sobre minha vida, que eu encontrei uma pessoa pra caminhar ao meu lado. Claro que eu não sei ainda como vai ser o final da minha história, mas tenho aprendido muito sobre o namoro também. Dia a dia Deus me faz pensar e aprender muitas coisas. Hoje eu entendo que tem propósito na vida de solteiro, no namoro que dá errado, no que dá certo e lógico, no casamento. Mas nós precisamos estar sempre atentos pra conseguir entender e aprender esses propósitos, pra agirmos da maneira certa em cada momento das nossas vidas.
Espero ter te ajudado de alguma forma, mas obrigada por ler, de qualquer maneira! Até a próxima 😉