As 45 coisas

Como talvez você já saiba, eu passei 4 meses e meio em Londres. E no dia 15 de setembro, um dia depois do meu aniversário, informação desnecessária, lá estava eu sobrevoando Londres pela última vez em 2014 e voltando pro Brasil.

O que eu senti? Bom, um misto de angústia (porque 12 horas dentro de um avião dá muito tempo pra algo ruim acontecer e MEU DEUS QUANTO AVIÃO CAIU ESSE ANO!), tristeza porque eu realmente amei Londres e a Inglaterra até mais do que imaginava, uma pré-saudade da família que eu estava deixando lá e alívio por voltar pra casa, pra minha família e amigos, meu quarto, minhas coisas. Enfim, não foi legal. Mas aqui estou, já entediada e com saudade do agito e da beleza da terra da Rainha, mas feliz por estar bem e com mais um sonho realizado pra “ticar” da lista e mais alguns acrescentados.

Esse post é pra listar algumas coisas legais e que me marcaram nos últimos 4 meses e meio. Vamos lá!

As 45 coisas que eu fiz em Londres:

1. Conheci pessoas de lugares que eu mal lembrava que existia: Turquia, Bulgária, Romênia…)

2. Ouvi 5 idiomas diferentes simultaneamente dentro do ônibus.

3. Trabalhei num pub.

4. Quase completei minha coleção de livros da Jane Austen (Mainsfield Park na wishlist já!)

5. Descobri que tenho uma compulsão por comprar livros (comprei 20 durante a viagem toda, me segurei muito!)

6. Me emocionei com a vista de cima da London Eye.

7. Tomei chuva. Muita chuva.

8. Comi o tradicional English Breakfast e viciei em feijão doce!

9. Vi a troca da guarda no Palácio de Buckingham.

10. Fui na comemoração do aniversário da Rainha e vi a família Real.

11. Fiz pic nic no Green Park e corri no Greenwich Park.

12. Assisti Lucy Rose e Neil Young no Hyde Park ❤

13. Assisti um show do John Mayer pela segunda vez ❤

14. Vi várias vezes o Sol se pôr nos lugares mais lindos imagináveis.

15. Andei de bicicleta no centro de Londres (NÃO FAÇA ISSO.)

16. Andei de barco pelo Thames

17. Visitei Notting Hill e Brick Lane

18. Li debaixo de uma árvore no Kensington Gardens.

19. Fui babá. (Sério. De duas crianças. Quem diria não é?!)

20. Senti saudade, chorei de soluçar e achei que não ia aguentar ficas quase 5 meses longe de todo mundo

21. Vi pessoalmente obras de arte que eu via nos livros da escola na infância

22. Visitei os museus mais espetaculares e gigantescos

23. Trabalhei em um restaurante turco (e não voltei no dia seguinte… Don’t ask!)

24. Entrei nas livrarias mais maravilhosas do universo. Foyles ❤ Waterstones ❤

25. Ouvi os estudantes de música da Universidade de Greenwich ensaiando.

26. Caminhei pela beira do Thames à noite. (Great atmosfere, give it a try!)

27. Me apaixonei pela vista do Observatório de Greenwich

28. Pisei na Linha de Greenwich.

29. Descobri que a expressão mais dita pelos ingleses provavelmente é “Thank you”.

30. Vi mais bandeira do Brasil lá durante a Copa do que vejo no Brasil.

31. Vi a diferença que faz viver num país onde o Governo realmente se preocupa com o povo.

32. Vi a diferença que faz viver entre um povo que respeita seu país, se respeita entre si e ajuda na preservação do meio ambiente.

33. Descobri que os ingleses são MUITO consumistas.

34. Vi a maior quantidade de pessoas ruivas de toda a minha vida.

35. Visitei a loucura de Camden Town

36. Vi as pessoas mais estranhas possíveis

37. Descobri que amo viajar

38. Descobri que não gosto da sensação de sentirem minha falta

39. Me determinei a fazer uma viagem pra um lugar diferente todo ano da minha vida.

40. Quis morar pra sempre em Londres

41. Quis dar uma de louca e sair viajando por aí sem contar nada pra ninguém (eu não vou fazer isso mãe, prometo)

42. Perdi o show do Coldplay no Royal Albert Hall. Imperdoável!

43. Tentei ver o nascer do Sol no dia do meu aniversário (o dia amanheceu mais nublado do que nunca, só perdi horas de sono)

44. Estive presente na inauguração da estátua da Amy Winehouse em Camden Town.

45. Fiz 22 anos!

Teria muito mais coisa pra colocar aqui. Minha lista original tem 57 coisas, mas algumas delas são coisas pessoais, então eu dei uma resumida.

Aliás, esse post era pra ter sido publicado na semana em que eu voltei, mas eu acabei esquecendo ele nos meus rascunhos. De qualquer forma, obrigada por ler e até a próxima! (:

p.s: coloquei uma galeria com algumas fotos da minha viagem na coluna à direita!

Anúncios

Portugal (Parte 2)

Finalmente estou aqui pra terminar o post sobre minha viagem à Portugal, onde vou comentar um pouco sobre alguns lugares aleatórios que eu visitei e também algumas fotos de Lisboa e Cascais.
Pra começar vamos falar de comida, claro! Eu não como peixe, então foi um pouco complicado experimentar coisas novas, mas até me arrisquei num bacalhau quando me colocaram numa mesa com um monte de portugueses muito gente boa mas que acharam um absurdo eu não comer peixe. Nem um pouco de pressão aí hahaha
Mas algo que REALMENTE amei foi o tal pastel de belém! MEU DEUS MEU DEUS, quero um AGORA! Quer dizer, eu já tinha comido no Brasil e não gostei, então não fui esperando muita coisa. Mas nossa! O de lá é muito diferente. Existe toda uma lenda por trás da receita e etc. O lugar mais tradicional pra você comer é este aqui:
IMG_0100.JPG

IMG_0101.JPG
Tem uma fila enorme pra comprar, mas se você tiver tempo de entrar e sentar numa mesa pra comer você pode ser atendido por um garçom numa boa, e enquanto você espera pode apreciar o lugar, pois a decoração é feita com artigos antigos usados na loja e na fabricação dos pastéis.
Outro lugar que eu amei ir, foi a livraria Bertrand. Que é simplesmente a livraria mais antiga do mundo ainda em funcionamento. Ou seja, o lugar mais perfeito pra se comprar livros. Comprei um livro de Fernando Pessoa, lógico, e a Revista da livraria, que é tipo um almanaque que eles publicam todo ano. Depois que eu voltar pro Brasil vou fazer um post sobre alguns dos trezentos e cinquenta e sete livros que comprei aqui e aí eu mostro eles. (brincadeira mãe, comprei 20 antes de você me proibir de comprar mais.). Enfim, aqui vão algumas fotos da livraria:

IMG_0116.JPG

IMG_0115.JPG

IMG_0117.JPG
Na mesma rua da livraria tem uma cafeteria que Fernando Pessoa costumava frequentar, tem até uma estátua dele na frente! Muito legal de visitar também. ignorem minha cara tosca

IMG_0114.JPG

IMG_0113.JPG
Praias. Portugal tem praias lindíssimas! Quando você está turistando às vezes tem pouco tempo pra ir, mas acho que vale a pena reservar uma manhã pra curtir alguma. O mar é MUITO gelado e achei muito cheio de algas e pedras, então não cheguei a super curtir o mar, mas foi bom mesmo assim! A praia que fui é bem linda e fica na baía de Cascais, só que eu não lembro o nome dela agora. Então fica a dica, vá pegar um bronze em Portugal.

IMG_0109.JPG

IMG_0110.JPG
Em Agosto acontecem as Festas do Mar em Cascais. São vários dias em que rolam shows de artistas de Portugal e alguns artistas internacionais. Pra minha decepção, quem apareceu por lá pra representar o Brasil foram “Gabriel, o Pensador” e “Natiruts”. Tipo, sério. Chorei. Mas no dia em que eu fui só vi artistas de Portugal mesmo, mas a única banda que eu realmente gostei foi uma que cantava músicas em inglês e soa como rock britânico. Pois é. Vou fazer um post sobre minhas descobertas musicais recentes em breve também (quando estiver no Brasil sem nada pra fazer, na verdade).
Algumas fotos do dia em que estive na festa:

IMG_0112.JPG

IMG_0111.JPG
Um lugar que eu esqueci de colocar no post anterior é o Teatro Nacional de São Carlos. Eu na verdade não entrei e nem assisti nada lá, mas me disseram que é um teatro incrível. Então se você tiver a oportunidade acho que deve valer a pena.
Na frente do teatro tem uma estátua que eu achei a minha cara. HO HO

IMG_0127.JPG

IMG_0126.JPG
O transporte em Lisboa é muito bacana, porque eles ainda têm ativos alguns “bondinhos” antigos, que ficam entupidos de turista o dia todo. E eu também achei um “tramlink” moderno decorado com os desenhos do cartoon network!! LINDO!

IMG_0107.JPG

IMG_0104.JPG
A Rua Augusta de Lisboa parece a Rua XV de Curitiba. É um calçadão com lojas e restaurantes e onde alguns artistas ficam pra mostrar seu trabalho em busca de gorjetas. No final (ou começo?) da rua tem um Arco lindíssimo, o Arco da Rua Augusta. Nome curioso esse. E na frente do Arco tem uma praça enorme chamada Praça do Comércio ou Terreiro do Paço, onde foi o Palácio dos reis de Portugal por dois séculos. É uma das maiores praças da Europa e a principal da cidade.

IMG_0119.JPG

IMG_0120.JPG

IMG_0121.JPG

IMG_0122.JPG

IMG_0123.JPG
Pra encerrar, algumas fotos aleatórias de Lisboa 😉

IMG_0105.JPG

IMG_0103.JPG

IMG_0125.JPG

IMG_0118.JPG

IMG_0106.JPG

IMG_0023.JPG

Portugal (Parte 1)

Faz quase duas semanas que voltei de Portugal. Fiquei oito dias lá e foi uma viagem que eu jamais vou esquecer!
Vimos muita coisa, então vou separar tudo em dois posts. Esse é sobre os pontos turísticos e o próximo vai ser sobre alguns lugares aleatórios interessantes que fui e algumas fotos de Lisboa e Cascais.
Queria ter feito esse post antes, mas não tive tempo o suficiente pra sentar e planejar tudo o que precisava escrever. Mas “cá estamos”. Agora chega de blablabla.
IMG_0006.JPG
Não deu tempo de ir em todos os lugares, vou postar somente aqueles que visitei, mas se você procurar na internet vai achar mais um monte de coisas legais pra fazer e ver por lá.
Eu fiquei hospedada na casa dos pais do meu tio, numa cidade chamada Cascais, que fica bem pertinho de Lisboa e é simplesmente LINDA! No próximo post vou colocar algumas fotos de lá.
Como a minha memória anda péssima, não lembro a ordem exata das coisas que fizemos, então vou colocar uma ordem aleatória aqui, mas vou deixar o meu lugar preferido por último.
Monumento dos Descobrimentos

IMG_0013.JPG
Sua construção definitiva data de 1960, quando foi celebrado o quinto centenário de morte do Infante D. Henrique. À ele se devem as iniciativas que levaram ao descobrimento da Ilha da Madeira em 1418 e de Cabo Verde em 1444.
O momento é de uma altura tal que se pode ver quase Lisboa inteira lá de cima. A vista é incrivelmente maravilhosa!

IMG_0008.JPG

IMG_0009.JPG

IMG_0010.JPG

IMG_0011.JPG
Tem uma Rosa dos Ventos no chão na entrada do Monumento. Ela tem 50 metros de diâmetro e no meio dela tem um mapa indicando todos os lugares e datas das descobertas das expedições portuguesas.

IMG_0012.JPG
Mosteiro dos Jerónimos

IMG_0043.JPG

IMG_0038.JPG
Foi construído no século XVI à pedido do Rei D. Manuel I. Integra elementos arquitetônicos do Gótico e do Renascimento. A intenção da construção era que reunir o ramo dinástico iniciado pelo Rei.
A construção é muito rica de detalhes. Quando entrei eu fiquei literalmente de boca aberta, porque é muito curioso imaginar como esse povo construiu uma coisa tão magnífica e se eles tinham noção do quão maravilhoso isso era naquela época. Foi um dos lugares que eu mais gostei, com certeza.
Castelo de São Jorge

IMG_0020.JPG
Construído no século XI. O castelo guardava as elites que viviam aos arredores das muralhas, não tinha função de residência. De cima do Castelo é possível uma visão única e majestosa de Lisboa.

IMG_0022.JPG

IMG_0023.JPG

IMG_0025.JPG

IMG_0026.JPG

IMG_0024.JPG
Palácio da Ajuda
Construção de estilo neoclásico de 1796. Foi residência da família Real até 1910. Guarda todas as mobílias da Realeza e importantes coleções de arte decorativa dos séculos XVII e XIX. Eu acredito que nunca vi tanta riqueza num lugar só. É realmente como aqueles Palácios que aprecem em filmes. Fiquei impressionada!

IMG_0050.JPG

IMG_0049.JPG

IMG_0047.JPG

IMG_0048.JPG

IMG_0046.JPG

IMG_0045.JPG
Cabo da Roca
É o lugar mais Ocidental da Europa e simplesmente o lugar mais incrível que meus olhos de quase 22 anos de idade já vislumbraram. Sério. Eu nem sei descrever como me senti lá. É um daqueles lugares em que você tem vontade de ouvir suas músicas preferidas, sentar e ficar admirando e refletindo um pouco. Queria poder ir lá todo dia, pra poder contemplar a magnitude da perfeição de Deus na sua criação. O único problema é que venta absurdamente lá em cima, o que não torna fácil você ficar lá por muito tempo. Mas se você for pra Portugal, vale MUITO a pena visitar.

IMG_0034.JPG

IMG_0036.JPG

IMG_0035.JPG
Castelo dos Mouros
O lugar que mais gostei, sem dúvidas! Me senti no topo do mundo, me senti no momento mais feliz da minha vida, me senti agradecida e a pessoa mais abençoada. Poder ver tudo aquilo daquela altura é realmente um privilégio, é algo que jamais vou esquecer.
É uma fortificação construída por volta do século X após a conquista islâmica da Península Ibérica. Uma construção majestosa que te permite a visão de uma paisagem única que se estende até o Oceano Atlântico.

IMG_0028.JPG

IMG_0030.JPG

IMG_0032.JPG

IMG_0031.JPG
Achei essa placa numa das casas que ficam perto do Castelo, achei muito legal!

IMG_0033.JPG
Parque das Nações
É uma praça enorme que fica em Lisboa, onde fica o Oceanário de Lisboa, que é o segundo maior da Europa. É um lindo lugar pra passeio, tem uma vista maravilhosa também e tem vários restaurantes bons, além de algumas exposições bem interessantes também. Gostei muito da praça, vale muito a pena visitar.

IMG_0014.JPG

IMG_0015.JPG

IMG_0017.JPG

IMG_0016.JPG
Então isso foi o pouco que consegui visitar em Portugal, tem muito mais coisa por lá pra fazer turismo, mas nunca dá tempo de fazer tudo né.
Vou postar a segunda parte ainda essa semana, espero (sem promessas). Esse final de semana que vem estarei indo pra Liverpool. Sim, aquela dos Beatles! To morrendo de felicidade e vou com certeza postar sobre a cidade assim que puder.
Meus dias de felicidade e sonho na Europa estão acabando e as lágrimas já estão aparecendo por aqui, mas tenho certeza de que vou voltar e de que tem muita coisa boa pra acontecer na minha vida no Brasil também. Mas por favor, não me peçam pra não ficar triste por ir embora, porque afinal, isso é meu sonho há muito muito tempo e eu passei os dias mais felizes da minha vida aqui!
Termino com uma imagem da Rua Augusta em Lisboa e um super obrigada à minha tia linda que me tornou possível ver tanta coisa linda!

IMG_0052.JPG

IMG_0053.JPG

Oxford – The City of Dreamimg Spires

Oxfordshire. Oxford. Tudo tão lindo e tão surreal que eu nem sei por onde começar.

A cidade foi fundada no século 8 e atualmene tem 150.200 habitantes. Se eu pudesse fazer tudo o que eu quisesse na vida, você já poderia somar mais um habitante nesse número. A cidade é hospedeira da famosa Universidade de Oxford, a mais antiga da Inglaterra. A arquitetura é maravilhosa, tudo muito antigo e majestoso. É uma cidade maior do que Cambridge, a comparação foi inevitável. Tem muitos residentes que não são estudantes da Universidade, já em Cambridge é visível que a cidade é dos jovens estudantes. Tem todos os tipos de lojas que a gente encontra nos shoppings de Londres também, muitos restaurantes e coffee shops. É uma cidade como outra qualquer, não fosse pela quantidade de história e gênios que hospedou.

IMG_3405-0.JPG

IMG_3400-0.JPG

IMG_3402-0.JPG

IMG_3401-0.JPG

Chegamos bem cedo lá, então a maioria dos lugares turísticos estavam fechados. O primeiro que abriu foi o Jardim Botânico da Universidade. Estabelecido em 1621, é um Jardim Contamporâneo com 5 mil espécies de plantas e flores de várias partes do mundo. Desde Madagascar até plantas brasileiras. É um Jardim lindo!

IMG_3406.JPG

IMG_3410.JPG

IMG_3408.JPG

IMG_3407.JPG

IMG_3430.JPG

IMG_3421.JPGDepois de andar pelo Jardim Botânico fomos atrás dos colleges da Universidade. Vou contar pra vocês que eu sempre imaginei a Universidade de Oxford um pouco diferente. Os prédios são bem espalhados pela cidade, em Cambridge fica tudo tão pertinho que fica super fácil ver tudo em questão de 2 horas. Já em Oxford eles são afastados um do outro e muitos prédios são construções novas, ou têm anexos construídos recentemente. Mas de qualquer forma, tem muitos Colleges em construções magníficas como St Edmund, St John’s, Magdalene e afins

IMG_3509-0.JPG

IMG_3510-0.JPG

IMG_3433.JPG

IMG_3458-0.JPGOutra construção maravilhosa é a Radcliffe Camera. De estílo neo-clássico, foi construída em 1737-1749, para abrigar a Biblioteca de Ciência do Doutor John Radcliffe. Ao redor dela encontramos a St. Mary’s Church, a Biblioteca Bodleian, Brasenose College e All Souls College. Fiquei com muita raiva porque tirei uma foto panorâmica que mostrava tudo isso junto e ela simplesmente sumiu! Coisas que só acontecem comigo.

IMG_3459.JPG

IMG_3454.JPG

IMG_3452.JPG

IMG_3449.JPG

IMG_3447.JPGOkay. Vamos aos museus. Não pude entrar em todos, mas fotografei a fachada de todos.

Entrei em dois: Pitt Rivers Museum e Museum of Natural History. O Pitt Rivers fica anexado ao Museu de História Natural, na verdade, isso facilitou. Ambos são gratuitos e muito interessantes. Como eu já tinha visto o Museu de História Natural de Londres e ele é quatro vezes maior do que o de Oxford, pra mim foi mais legal o Pitt Rivers. É um museu muito curioso e diferenciado, porque conta a história das culturas das civilizações por forma de comparação. Os objetos são agrupados de acordo com a forma como foram feitos ou sua função, e também de acordo com sua data e cultura de origem. Ou seja, tudo voltado pra que o visitante vá percebendo a evolução das habilidades e da criatividade do Homem. O museu foi fundado em 1884, quando Augustus Henry Lane Fox Pitt-Rivers, um influente arqueólogo e antopólogo, doou sua coleção de mais de 20 mil objetos pra Universidade de Oxford.

IMG_3489.JPG

IMG_3481.JPG

IMG_3482.JPG

IMG_3479.JPG

IMG_3484.JPGOutros museus que eu não tive tempo de visitar foram o Museu de Oxford e o Ashmolean museu de arte e arqueologia, o qual me arrependi bastante de não ter ido.

IMG_3461.JPG

IMG_3492.JPG
Outro lugar super legal é o Oxford Castle! É uma prisão construída por Robert D’Oilly no século 11. O passeio é sempre feito com a ajuda de um guia que usa as vestes da época e conta toda a história da construção e de como era a vida dos prisioneiros. Lá de cima do Castelo tem uma vista maravilhosa da cidade!

IMG_3502.JPG

IMG_3499.JPG

IMG_3497.JPG

IMG_3498.JPG
Outro lugar incrivelmente lindo: Christ Church Cathedral, que também é Christ Church College. Uma parte da história de Alice no País das Maravilhas foi inspirada aqui. Também já foi cenário de filmagens de Harry Potter.

IMG_3468.JPG

IMG_3467.JPG
Outras fotos aleatórias da cidade:

IMG_3445.JPG

IMG_3414.JPG

IMG_3475.JPG

IMG_3505.JPGO post ficou maior do que eu esperava, mas tem muito mais coisa em Oxford que eu não vi e acho que poderia falar mais até. Mas só sei que foi assim. Mais um sonho realizado, andar pelas ruas onde C.S Lewis andou e visualizar cenários que inspiraram tantos escritores geniais foi realmente maravilhoso!

Esta semana estou indo pra Portugal, vou ficar 8 dias lá e provavelmente isso vai render uns dois posts pelo menos! To muito ansiosa e feliz!

Quanto ao agora, bem, um domingo chuvoso bem conveniente pra fazer uma das coisas que mais gosto na vida: ler.

 

Cambridge

No domingo passado tive a oportunidade de visitar Cambridge. Sim, onde fica a Universidade de Cambridge. Sim, aquela onde Newton e Darwin estudaram. Sim, aquela Universidade linda e maravilhosa que existe desde o século 13!

20140730-212646-77206676.jpg

20140730-212649-77209230.jpg

Depois de dar uma volta pelas ruas principais de cidade e tomar um tradicional English Breakfast, o primeiro lugar que visitei foi o King’s College, que foi fundado em 1441 por Henry VI.

20140730-213249-77569250.jpg

20140730-213251-77571086.jpg
Dentro do King’s College existe a Capela que Henry VI mandou construir. A Capela é de estilo gótico e demorou por volta de cem anos pra ser totalmente finalizada, o processo se deu em três períodos de construção. É linda e tem um órgão majestoso!

20140730-214031-78031149.jpg

20140730-214033-78033253.jpg

20140730-214029-78029234.jpg

O Trinity College, onde Isaac Newton estudou, foi fundado em 1546 pelo Rei Henry VIII. Nele, além de Newton, se formaram Lord Byron, Bertrand Russell e Vladimir Nabokov. 29 prêmios Nobels foram ganhos por homens do Trinity, como por exemplo, Niels Bohr, lembra dele na sua aula de química? Esse mesmo, o cara que descobriu a estrutura atômica, teoria do quantum e blablabla.

20140730-215722-79042851.jpgDepois de dar uma olhada nos Colleges, (não deu tempo de ir em todos porque eles são muitos e tem que pagar pra entrar), fomos ao Fitzwilliam Museum. O museu foi fundado em 1816 e contém desde antiguidades da sociedade grega, egípcia e romana, até obras do renascentismo e modernas. Tem muita variedade e uma arquitetura fantástica.

20140730-221210-79930841.jpg

20140730-221214-79934064.jpg

20140730-221212-79932412.jpg

20140730-221257-79977649.jpg

20140730-221259-79979372.jpgDepois do museu fomos andar de barco. Dizem que é a melhor forma de conhecer a cidade e a Universidade, e é verdade! Eles chamam de “punting” e a todo momento enquanto você estiver andando pela cidade vai ter algum estudante atrás de você oferecendo o passeio. Você pode alugar um barco com guia, que será dividido com outras pessoas, ou alugar um só pra você e sua família ou amigos. É um passeio incrível! Pra mim foi a melhor parte.  Acho que as fotos falam mais do que palavras aqui também!

 

20140731-091511-33311384.jpg

20140731-091513-33313125.jpg

20140731-091509-33309538.jpg

20140731-091506-33306172.jpg

20140731-091507-33307887.jpg
Terminei o dia apaixonada por Cambridge. É uma cidade pequena, tranquila onde se vê bem mais bicicletas do que carros. As ruas são estreitas e as construções são super antigas e muito lindas! Se você um dia tiver a oportunidade de visitar, não pense duas vezes!

20140731-115141-42701404.jpg

20140731-115137-42697634.jpg

20140731-115139-42699265.jpg

20140731-115135-42695946.jpg

20140731-115616-42976494.jpg

20140731-115618-42978451.jpg

3 months of happiness

Só Deus sabe o quanto eu gostaria de ter postado mais, escrito mais e lhes mantido informados sobre minha viagem como eu pretendia e havia prometido. Turns out que a vida nem sempre é como a gente quer. Exceto por agora. Apesar de não conseguir fazer muitas das pontuações necessárias nesse computador e do fato de que vou ter que ajeitar isso depois, a vida está sim bem do jeitinho que eu sonhei. Tá melhor se quer saber! Ah, e tirando a insônia também, já que são 4 da manhã.

Nos últimos três meses eu só sei suspirar e perguntar pra Deus como pode ter tanta coisa bonita e legal num lugar só e por quê eu não posso teletransportar todas as pessoas importantes pra mim e apenas ficar aqui por mais uns 50 anos ou 60 anos.

Cada cantinho de Londres tem algo novo e interessante, quando você acha que já viu quase tudo você percebe que tem MUITO mais. Tem música por todo lado, arte, bookshops e lojas e lojas e mais lojas maravilhosas. Não tem como não se apaixonar. Às vezes já me dá nó na garganta de imaginar não ter tudo isso tão pertinho diariamente.

Mas chega de blablabla.

Vou mostrar alguns lugares interessantes que conheci por aqui e atrações turísticas que todo mundo precisa conhecer quando vem pra  Londres.

1. London Eye

É obrigatório você ir na London Eye, sim. Porque de lá você tem a visão mais magnífica possível da cidade! É um dos mais altos observatórios que existe. Normalmente o horário de funcionamento é até 22hrs então a última entrada permitida é às 21:30, mas no verão, como escurece perto das 22 hrs e Londres é de tirar o fôlego de noite, fica aberto até meia noite. O passeio dura 30 minutos e a capsula na qual você entra é gigante, mas mesmo assim tem horários em que elas ficam lotadas. Inclusive é bem difícil ir num horário em que não tenha um fila enorme lá te esperando, eu graças a Deus, tive a sorte de não enfrentar praticamente fila nenhuma. Fui na úlima admissão, às 21:30, com a intenção de ver o pôr-do-sol. Fui acompanhada de duas amigas do meu primo que estavam passando uma semana aqui, foi bem divertido! O mais legal foi que eu tirei fotos igualzinhas às que eu via antes de vir pra cá e que me faziam suspirar e sonhar alto. E estava ali, tudo na minha frente. Foi um sonho realizado!

2. Royal Observatory – Greenwich Park – Greenwich Pier – University of Greenwich

Foi o primeiro lugar que eu conheci quando cheguei e é onde passo a maior parte do tempo, principalmente agora que estou morando em Greenwich. O Greenwich Park é meu lugar favorito na Terra, pois é. Nem eu sabia que amava tanto parques até chegar aqui! No Greenwich Park é onde tem o marco zero de Greenwich, sabe?! Aquela coisa toda que você aprendeu na sua aula de Geografia enquanto grudava chiclete embaixo da mesa da escola. A foto acima foi tirada do observatório, e aí você pode ver a “Queen’s House”, a University of Greenwich (outro lugar maravilhoso) e uma parte do Maritime Museum. A Queen’s House foi construída em 1619 e já foi lar doce lar de Anne of Denmark.

Outra cena que você pode encontrar no Greenwich Park:

Rose Garden

– Greenwich Pier: tem uma vista fantástica da cidade, dá até pra ver as luzes da London Eye de noite! Tem um clima muito bom, com vários restaurantes e vários lugares pra você sentar e simplesmente admirar, assim como eu fiz nesse dia assistindo o pôr-do-sol!

3. Portobello Road Market – Notting Hill e Brick Lane Market

Um fica longe do outro, só resolvi falar sobre os dois simultaneamente porque são o mesmo tipo de mercado. Nos dois você encontra várias coisas em comum: lojas de roupa e artigos vintage, lojas de discos, lojas de souvenir, lojas de antiguidades e comida. O Brick Lane Market é bem maior que Portobello Road e eu achei mais interessante, porque tem arte nas ruas, tem comidas de todos os lugares do mundo, as lojas são mais divertidas.

Notting Hill é Notting Hill, é um bairro lindo onde as casas tem as cores mais inusitadas, tipo de azul bebê pro tom de roxo mais intenso que você possa imaginar. É um bairro famoso por causa do filme ‘Um lugar chamado Notting Hill’ e por ser lar de vários estilistas, enfim, com certeza vale a pena conhecer! No dia que eu fui tinha bem menos gente do que o normal e já estava quase na hora de fechar. Eu saia às 14hrs da aula e as lojas aqui fecham lá pelas 17:30 já, então era meio difícil aproveitar tão bem como eu gostaria.

Portobello Road Market

Brick Lane Market

20140728-054910-20950377.jpg

20140728-054912-20952431.jpg

20140728-054908-20948692.jpg

20140728-054907-20947126.jpg

4. Little Venice

Existe um lugar maravilhoso chamado Little Venice em Paddington. É onde o Grand Union e o Regent’s Canal se encontram. Lá você pode fazer pesseios de barco, tomar um café ou só caminhar e admirar e quem sabe sentar e ler um livro. Só não falo mais porque imagens falam mais do que palavras, neste caso:

20140728-061234-22354297.jpg

20140728-061241-22361177.jpg

20140728-061239-22359277.jpg

20140728-061235-22355902.jpg

20140728-061237-22357654.jpg

5. Festivais de música e afins

Bom, eu não sei quem persegue quem mas sempre acabo encontrando música por aqui, simplesmente acontece. Às vezes to andando no parque e de repente vem algum tipo de grupo passando e tocando alguma coisa. Nas estações aqui é muito comum encontrar músicos, só que não é igual a gente tá acostumado no Brasil, o velhinho cego tocando uma gaita e coisa do tipo, são músicos bons MESMO, do tipo que eu pagaria pra ir ver.

Durante o ano existem vários festivais de música aqui, o Glastonburry e o British Summer Time são os maiores, mas existem outros mais focados em algum gênero como Jazz. Já vi muitos catazes divulgando festivais de jazz regionais e também de concertos. Atualmente está tendo a temporada de concertos da BBC Proms no Royal Albert Hall, eu to doida pra ir assim que ~rolar grana~ der.

E eu, fui afortunada de estar por aqui justo na época do British Summer Time no Hyde Park. E aconteceu que, QUEM ESTVA LÁ? Isso mesmo, Lucy Rose ~aquela linda~ e nada mais nada menos do que Neil Young. Sério que foi a coisa mais maravilhosa ver Neil Young ao vivo. Quer dizer, não dá pra descrever. Ele tocou todas as minhas preferidas, inclusive Keep on rockin’ in the Free World, tocou Bob Dylan ‘Blowin in the Wind’ ~MEU DEUS~ Mas esqueceu da minha mais amada música ‘Old Man’, isso foi triste. E a Lucy, é a pessoa mais fofa e feliz, a voz dela é linda ao vivo e ela tocou as minhas músicas preferidas também. Foi emocionante assistir o show dela porque ouço as músicas há tanto tempo e elas foram temas de tantas fases importantes da minha vida, sem contar que eu achei que nunca na vida eu teria a possibilidade de ir num show dela, visto que ela não é muito conhecida no Brasil. Mas lá estava eu.

20140728-063651-23811651.jpg

20140728-063653-23813073.jpg

Então por enquanto é isso. Resolvi colocar algumas coisas não tão conhecidas de Londres, exceto pela London Eye, porque essas coisas a maioria das pessoas sempre ouve falar quando o assunto é Londres, tipo Buckinham Palace, o Parlamento, Big Ben, etc. Talvez eu ainda faça um post sobre essas coisas mais tradicionais, mas acho mais legal falar de coisas aleatórias da cidade que eu encontrei andando por aí. Logo posto mais algumas!

Agora que terminei meu curso vou começar a fazer algumas viagens por aqui, se Deus quiser, então eu provavelmente vou fazer posts sobre essas outras viagens agora também. Fui pra Cambridge ontem e já estou doida pra escrever a respeito! Ainda estão na minha lista: Oxford, Liverpool, Brighton, Paris e Lisboa.

É isso! Obrigada por ler e até a próxima! (:

20140728-064922-24562390.jpg

9 meses depois…

Sim, eu abandonei o blog. Perdão, blog.

Mas eu quero voltar agora. Mas não vamos fazer promessas de amor eterno, ok?!

Ontem, ao conversar com uma pessoa sobre o blog, fiquei com vontade de voltar a escrever aqui. Esse post é só pra dar uma atualizada nas coisas por aqui e informá-los, caros leitores, sobre algumas coisas que andam acontecendo.

Pra começar, eu já sou tia. O Samuel nasceu em 28 de setembro e tem sido uma das minhas maiores alegrias diárias! Agora ele tem 6 meses e nos surpreende com as coisinhas que ele aprende a fazer! Aí vai uma foto do primeiro amor da minha vida (:

1780777_10202786213952655_641816492_n

Outra notícia bombástica! Eu me formei senhoras e senhores! Não me perguntem como, porque foi praticamente um milagre, eu realmente quase desisti no último semestre, mas os planos de Deus são perfeitos, então em 3 de fevereiro eu me tornei Licenciada em Música pela PUCPR! Mais um sonho realizado pra minha listinha. Deus é bom!

Alguns colegas da turma e o melhor professor do mundo!

Alguns colegas da turma e o melhor professor do mundo!

Além disso estou vivendo uma fase muito boa! Deus tem transformado cada pequeno detalhe da minha vida e tem colocado pessoas incríveis do meu lado.

E outra notícia muito maravilhosa é que daqui 22 dias estarei indo pra Londres! Sim, mais um sonho vai entrar naquela listinha há pouco citada. Criei um outro blog, http://heavenknowsme.wordpress.com/, no qual quero escrever apenas sobre isso, pra compartilhar sobre a viagem com meus amigos e também pra deixar umas dicas pra quem pretende fazer uma viagem como essa.

22 dias (:

22 dias (:

Basicamente é isso o que “precisam” saber. To viva, to saudável (apesar da rinite) e estou sim, muito feliz! Agora estou com mais tempo, então pretendo atualizar mais o blog, mas não sei também com qual frequência. Quero escrever em breve sobre alguns livros que estou lendo e mais algumas dicas de bandas legais pra ouvir.

Então, é isso (: